1 de abr de 2010

Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...
Ou toca, ou não toca. (CL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário